Saberes…


“A sábia não sabia que um sábio soube saber que o sabiá sabia assobiar” Saberes…

(Por Alice Antonucci)

Será que já sabemos o que buscamos em nossa caminhada? Quanto tempo do seu dia você tira para se permitir observar nessas várias histórias de sabedoria? Hoje te convido para um passeio dentro de si mesm@!

Quem já ouviu a famosa frase “Apenas que… Busquem conhecimento” e se identifica com ela de alguma forma, pode entender que o conhecimento é um bem precioso, que você busca aquilo que você sente que precisa.

Conhecimentos, ou Saberes… aqueles que ninguém, de forma alguma, pode nos tirar e também não é possível que ninguém busque por nós! Pesquisar, ler, estudar, ouvir, assistir, observar!

Mas o que mais tem essa característica nas nossas buscas?

O que te desperta enquanto um ser consciente? Ah… a experiência! Experimentar, vivenciar, estar presente na ação!

Quantas vezes alguém te contou sobre algo ou algum lugar, mas, somente após sua própria experiência, você conseguiu ter suas próprias sensações, sentimentos, construir suas histórias!!!

Saberes… sabedoria… “a união do conhecimento com a experiência”! Quando ouvi isso, percebi que cada um tem seus caminhos rumo aos saberes e que, à medida que vamos tecendo as redes de conhecimentos e experiências, a sabedoria toma forma, nos conectamos com a expansão de nossa consciência!

Ler, ver, sentir, experenciar, experimentar, testar, compreender (ou não), ir, voltar, fazer, refazer, desfazer (é possível?), pensar, perguntar, compartilhar… Quanto mais sabemos, mais vemos que pouco ainda sabemos e mais precisamos procurar saber!

Construindo a nossa própria história

Porém, dessa minha caminhada, construindo minha própria história, passei por experiências durante minhas buscas de conhecimento que me fizeram refletir sobre a importância de um caminho de luz, de harmonia, de equilíbrio, de neutralidade (ou pelo menos em busca disso, né?!).

Ninguém é mais do que ninguém, eu não sei mais que o outro, somente tenho diferentes buscas e diferentes experiências e essa é uma filosofia que me acompanhada desde sei lá quando nessas existências.

O que eu demorei a enxergar aqui, e ainda caminho na compreensão é que, mesmo vendo que não sou mais do que ninguém, eu também não sou menos do que ninguém.

Tenho diferentes conhecimentos, saberes e experiências. Admirar, agradecer, respeitar e reverenciar os Mestres, mas compreender que eu também tenho minhas qualidades, que despertam em outros seres essa busca pelos saberes. Nossa! O que precisei vivenciar para chegar nessa história!

Mas, enfim… Hoje caminho com mais leveza, reconhecendo, com simplicidade e leveza (nem sempre, mas busco sempre isso!), as histórias que entrelaçam-se às minhas para minha conexão com os saberes! A sabedoria está dentro de mim, o externo me capacita a fazer as conexões!

E você, sabe o quê? Ou ainda vai procurar saber…? Vamos junt@s!?

One thought on “Saberes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *