Harmonizando a Maternagem

Praticar Shivam Yoga durante a gestação auxilia a mulher no despertar da consciência e do autoconhecimento, auxiliando no autocontrole da respiração e da musculatura, durante a gravidez, no trabalho de parto, parto e também no puerpério imediato (e prolongado).

Na gravidez, com as mudanças constantes do corpo e, principalmente, com a mudança do “eixo de equilíbrio”, as práticas de Shivam Yoga auxiliam a gestante a manter tranquilidade e também a ter percepção das mudanças físicas, mentais e emocionais, adaptando-se a todas as novidades de forma harmoniosa. As técnicas de Dharana e Dhyana (Concentração Mental e Meditação) e também o Yoganidra (Técnica de Relaxamento e Autoconhecimento) despertam para esse momento maravilhoso no qual a mulher irá harmonizar-se com seu bebê, começando a trabalhar visualizações para o parto, e conectando-se com toda a força, energia e poder do feminino, que se intensificam com a gestação.

Durante o trabalho de parto e parto, com os Pranayamas e Bandhas (exercícios de respiração e de energização) adequados, ganha-se, por exemplo, dinamismo para as fases ativa e expulsiva do trabalho de parto. Também são adquiridas, com as práticas de Shivam Yoga, consciência corporal, tranquilidade mental e emocional, o que auxiliará a mulher a manter-se serena, tranquila, em harmonia e integração consigo mesma, com seu companheiro, com a equipe presente nesse contexto e com o bebê que está chegando.

No puerpério imediato (e também no puerpério prolongado), com o retorno natural, lento e gradual da musculatura abdominal, vaginal e também de todo o corpo, o conhecimento adquirido com Asanas (exercícios psicofísicos) auxilia a mulher para que ela compreenda as mudanças que ocorreram em seu corpo durante a gestação e acontecerão nos próximos meses.

A nova mãe pode praticar Shivam Yoga também após a chegada do seu bebê, beneficiando sua recuperação no pós-parto. E pode praticar com o bebê, harmonizando-se, integrando-se e despertando no bebê a consciência da importância das práticas para si e para a mamãe, que também precisa ter seus momentos de interiorização e relaxamento.

Dessa forma, o Shivam Yoga auxilia a mãe a respirar lenta e profundamente nos momentos de cansaço que costumam ocorrer na adaptação com seu bebê; desperta a consciência para os momentos meditativos da amamentação; retira bloqueios, couraças e somatizações que possam surgir com a maternagem; auxilia a mulher no reencontro com sua sexualidade; alivia dores da nova rotina materna e, assim, mantem a harmonia durante esse (re)conhecimento mãe/bebê, para que a criação possa acontecer com muito amor e união!

OM SHIVA!

Texto: Alice Antonucci: Instrutora de Shivam Yoga e terapeuta Ayurvedica no Núcleo “Prana Satya” – Terapias Complementares e Shivam Yoga, em Conselheiro Lafaiete – MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *